Paulo Afonso de Barros
preciosos segundos de paz...
CapaCapa TextosTextos ÁudiosÁudios FotosFotos PerfilPerfil Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

Jesus, Aleppo, Haiti, Brasil, Israel, Jordânia...
Peçamos, não somente nessa época, ao Deus de todos, pelos nossos irmãos Jesus que sofrem as consequências das várias guerras e injustiças pelo mundo.

Deus, rogamos que continue enviando todos os dias seus mensageiros de luz aos muitos locais desse plano onde haja alguém em sofrimento ou em desespero frente a todo tipo de violência, seja a fome, a miséria, a falta de dignidade ou a indiferença.

Deus, como sabe, em Aleppo – Síria, já há mais de cinco anos, ocorre um conflito de irmãos contra irmãos, todos de uma só família, a dos humanos.

Nós, irmãos distantes desse conflito, voluntariamente, oferecemos o que temos de melhor em nossa mente, em forma de energia, para que seja entregue com amor e carinho nessa região.

Deus, sabemos que há outros irmãos sofrendo em toda parte, distribua como possível o que temos a dar, claro que nos cabe em nosso meio não sermos indiferentes e que passemos a praticar o seu ensinamento, trazido por Jesus, passados mais de 2000 anos, amar ao próximo como a nós mesmos.

Rogamos por todos os líderes políticos, empresariais, religiosos e espirituais para que sejam tocados em seus pensamentos e sintam e dimensionem o que produzem, se para o bem ou para o mal.

Uma grande nuvem, nas cores do arco-íris, varre o planeta nesse momento e vai transmutando toda energia pesada e densa que nos envolve, dissipando-a ou, ao menos, minimizando seus efeitos.

Deus, obrigado por mais um ano dessa vida de aprendizado e necessária evolução, envolva os crédulos e incrédulos para que num tempo, não muito longo, possamos falar uma só linguagem, a do amor universal.

Paulo Afonso de Barros
Enviado por Paulo Afonso de Barros em 25/12/2016
Alterado em 25/12/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar o autor Paulo Afonso de Barros_São José dos Campos_SP). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários